Você está aqui: Página Inicial / UEM - DPP

UEM - DPP

A página do Departamento de Direito Privado e Processual, foi desenvolvida com o objetivo de fornecer informações em tempo real, além de agilizar trâmites e processos que demandam tempo para serem divulgados, ou até que cheguem aos interessados. Aqui você encontra informações sobre os professores do Departamento - DPP, requerimentos funcionais, nova oportunidade prova, declaração de prova, editas publicados á alunos e docentes, de forma rápida e fácil.

                                                 

HISTÓRICO DO CURSO

A história do Curso de Direito é anterior à história da UEM. Fundada em 10 de maio de 1947, quando se tornou Distrito de Mandaguari, Maringá foi elevada à categoria de Vila em 1948, e, por meio da Lei no . 790, de fevereiro de 1951, foi elevada à categoria de Município. A instalação da Comarca de Maringá ocorreu em 1954. Nas décadas de 50 e 60, o Brasil assistiu ao movimento de interiorização do ensino superior, que, mediante esforços da comunidade, alcançou Maringá com a criação de três instituições estaduais isoladas de ensino superior: Faculdade Estadual de Ciências Econômicas, criada em 1959, Faculdade Estadual de Direito, criada em 1966 e Fundação Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, criada em 1966. No conjunto, estas faculdades ofereciam um total de sete cursos de graduação: Ciências Econômicas, Direito, História, Geografia, Ciências de 1º Grau, Letras Anglo-Portuguesas e Letras Franco-Portuguesas. A Faculdade de Direito foi erigida à condição de autarquia em 1966, por meio da Lei Estadual nº. 5.304, de 29 de abril de 1966, e reconhecido pelo Decreto Federal nº. 68.356, de 16 de março de 1971, publicado no Diário Oficial da União de 17 de março de 1971, em face do Parecer nº. 1992, de 17 de dezembro de 1970, do Conselho Federal de Educação, durante governo do presidente Emílio Garrastazul Médici. Foi instalada, inicialmente, em prédio hoje pertencente ao Colégio Marista, situado à Avenida Tiradentes, no . 963. O gabinete do Diretor e a secretaria da Faculdade foram então instalados em salas cedidas pelo Doutor Adriano Valente, contíguas ao seu escritório, no edifício onde funcionava o Banco Itaú, à Avenida Duque de Caxias, no . 345, 1º andar. Posteriormente, funcionou no Edifício Afonso Fernandes Martins, no Instituto Estadual de Educação e no Colégio Regina Mundi, sendo que, desde 1974, funciona no campus sede da UEM, no bloco D-34